novembro, 2022

24nov7:00 pm8:30 pmDiário de uma República IAmarelo Silvestre

Detalhes do Evento

“Diário de uma República é um projeto de Teatro e Fotografia enquanto espetadores da vida quotidiana durante uma década. Uma reflexão artística sobre o que vão sendo as pessoas e as paisagens de Portugal entre 2020 e 2030. Que Teatro resultará do ato de (nos) vermos realmente? Ver por querer. As ruas, as pessoas, as casas, as coisas. Fotografar para prolongar o olhar. As fotografias de Augusto Brázio e de Nelson d’Aires fixarão as imagens do real já imaginado Teatro. Serão as imagens da República. Imagens fotografadas, com vida mais longa do que a vida efémera do Teatro, nas dimensões expositivas e editoriais deste projeto. A Justiça é o tema foco da I edição de Diário de uma República, entendida no seu sentido mais amplo: a justiça das leis, das relações, das construções, da natureza, a justiça do nosso próprio olhar. Mantemos próximo um diálogo com Álvaro Laborinho Lúcio, sábio cidadão da República, para melhor nos orientarmos nos diferentes domínios desta temática. As restantes edições deste projeto (2022-2030) debruçar-se-ão sobre outras temáticas fundamentais, a um ritmo de estreia de espetáculo nos anos ímpares, com exceção do último espetáculo, a estrear em 2030 como súmula dos quatro anteriores.”
Amarelo Silvestre

Diário de uma República I
Amarelo Silvestre

24 de novembro
OMT- Oficina Municipal do Teatro
19h00

Duração: 01h30  Faixa Etária: M/16

Preço Bilhetes:
10 €: Geral
7 €: Entidades protocoladas
6 €: Estudantes, seniores, profissionais das artes, pais de alunos das Classes de Teatro, desempregados, Comunidade Vale das Flores.
5 €: Grupos (igual ou superior a 10 pessoas), Alunos Classes de teatro, alunos Colégio São Teotónio, Comunidade ESEC, Comunidade ISEC, sessões escolas (sujeitas a reserva antecipada).
4 €: Pessoas portadoras de deficiência e pessoas surdas

Bilhetes à venda na OMT e na Ticketline
Informações: 239 714 013 | 912 511 302 | info@oteatrao.com

Mais

Organizador

TEATRÃOO Teatrão é uma companhia profissional de teatro que existe para pensar, desafiar e inspirar a contemporaneidade, procurando intervir no quotidiano das comunidades onde atua, contribuindo para que a arte seja reconhecida como prática essencial das sociedades. A sua atividade destaca-se devido a uma oferta ampla e permanente, garantida pela diversidade, que inclui peças para vários tipos de público, programação de espetáculos de outros criadores, formação para todas as idades e intervenção comunitária. Cria espetáculos que tanto revisitam os autores clássicos como exploram dramaturgias originais, promovendo um serviço educativo de excelência e com relação direta com a dinâmica de públicos da Oficina Municipal do Teatro. Programa espetáculos de relevo de artistas contemporâneos, dando especial atenção a artistas e estruturas emergentes. O Teatrão distingue-se por ser uma companhia de atores-pedagogos, empenhada em partilhar os conhecimentos sobre as artes do espetáculo com a população em geral, através da criação artística, em especial nas subdisciplinas da interpretação, escrita dramática e encenação, complementando a experiência da criação com o estudo das técnicas, do nível básico ao avançado, e com o acompanhamento das outras artes e da produção teatral contemporânea nacional e internacional. Contribui, com projetos de escala regional, para a promoção uma oferta artística diversificada e geograficamente equilibrada na Região Centro, potenciando uma maior e melhor fruição das artes neste território e afirmando o papel da companhia e da sua actividade, mantendo a aposta constante no profissionalismo artístico, na contemporaneidade dos trabalhos apresentados e na proximidade com as comunidades e territórios.(+351) 239 714 013 / (+351) 912 511 302

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

X
X